Notícias

Divulgação Cultural

Colóquio | Fernando Pessoa e a Filosofia em Portugal | 29 e 30 nov. ’22 | 14h00- 19h00 | Auditório

Colóquio | Fernando Pessoa e a Filosofia em Portugal | 29 e 30 nov. '22 | 14h00- 19h00 | Auditório

Fernando Pessoa e a Filosofia em Portugal
COLÓQUIO | 29-30 nov. ’22 | 14h00-19h00 | Auditório | Entrada livre

A obra pessoana tem sido alvo de inúmeras reflexões filosóficas de pensadores portugueses, como é o caso de José Marinho, Agostinho da Silva, Eduardo Lourenço, José Gil, entre muitos outros, que têm chamado a atenção para a relevância filosófica da criação poética de Pessoa.

O espólio de Fernando Pessoa apresenta-nos inúmeros escritos filosóficos – assinados por múltiplas personalidades literárias – que o autor deixou inéditos à data da sua morte, para além de textos de cariz filosófico publicados em vida do autor, como é o caso do texto O que é a metafísica? do heterónimo Álvaro de Campos.

A obra de Pessoa apresenta, por outro lado, indícios de diálogo com inúmeros autores da tradição filosófica portuguesa, como Francisco Sanches, Antero de Quental, Sampaio Bruno, Leonardo Coimbra, Teixeira de Pascoaes e Raul Leal, citados e debatidos ao longo dos escritos de Fernando Pessoa.

Todos estes elementos são prova bastante da existência de uma obra filosófica pessoana e, portanto, para a integração dos escritos de Pessoa no âmbito da filosofia em Portugal.

Tendo todos estes aspetos em consideração, o presente colóquio constitui-se como um palco de diálogo que permita visa mostrar as múltiplas e multifacetadas relações entre Pessoa e o pensamento filosófico português.

Mais informações: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:

Armanda Passos em retrospetiva inédita na Fundação Champalimaud

Armanda Passos em retrospetiva inédita na Fundação Champalimaud

Oportunidade rara para ver a obra de uma das mais notáveis pintoras portuguesas, de 16 novembro a 31 dezembro, no Centro de Exposições da Fundação Champalimaud, em Lisboa. A pintora portuguesa Armanda Passos (1944-2021) será homenageada no Centro de Exposições da Fundação Champalimaud na primeira retrospetiva da sua obra.

Encontro | Drácula 125 | 28 nov. ’22 | 17h00 | Auditório

Encontro | Drácula 125 | 28 nov. ’22 | 17h00 | Auditório

Na senda da novela The Vampyre (1819), de John William Polidori, e de outras narrativas anglófonas sobre vampiros, em 1897, o romancista irlandês Bram Stoker publicou o romance epistolar gótico Drácula, que tem inspirado inúmeras adaptações e reinterpretações e cujo protagonista faz parte do imaginário popular.

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookCarmo's Residence - Art ApartmentsConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHS
LASAOrdem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis