Notícias

Divulgação Cultural

Encontro | À conversa com Sandro Veronesi | 20 abr. ’22 | 18h00

Encontro | À conversa com Sandro Veronesi | 20 abr. '22 | 18h00

À conversa com Sandro Veronesi
ENCONTRO | 20 abril ’22 | 18h00 | Auditório | Entrada livre

> As visitas à BNP obrigam à desinfeção das mãos e ao uso de máscara durante a permanência no edifício

Encontro com o escritor italiano Sandro Veronesi, que viu recentemente publicado em Portugal o seu romance O colibri (Quetzal, 2022). Com a participação de Stefano Scaramuzzino, Diretor do Instituto Italiano de Cultura, Salvato Teles de Menezes, Presidente da Fundação D. Luís I, e Lúcia Pinho e Melo, editora do escritor em Portugal.

Sandro Veronesi, considerado um dos mais importantes romancistas italianos dos últimos trinta anos, é um de apenas dois autores que ganharam duas vezes o Prémio Strega. Nasceu em Florença em 1959 e licenciou-se em arquitetura.

Estreou-se na literatura com o livro Per dove parte questo treno allegro (Theoria, 1988), que foi bem recebido pela crítica e pelo público. Colaborou com importantes jornais como il manifesto, Epoca, l’Unità, Corriere della Sera, sendo que a sua definitiva consagração literária chegou com La forza del passato (Bompiani, 2000, prémios Viareggio e Campiello).

Entre os seus livros destacam-se: Caos calmo (Bompiani, 2005, Prémio Strega); Brucia Troia (Bompiani, 2007); XY (Fandango, 2010); a coleção de contos Baci scagliati altrove (Fandango, 2011); o ensaio Viaggi e viaggetti. Finché il tuo cuore non è contento (2013); o romance Terre rare (Bompiani, 2014); Non dirlo. Il Vangelo di Marco (Bompiani, 2015), uma incursão pelo texto mais antigo da tradição evangélica, que inspirou o monólogo teatral homónimo; Cani d’estate (La Nave di Teseo, 2018), sobre a temática das migrações humanas; e Il colibrì (La Nave di Teseo, 2019), galardoado com o Prémio Strega 2020. Em 2021 escreveu um dos contos da coleção Le ferite, para os cinquenta anos de Médicos sem Fronteiras.

Caos Calmo foi adaptado ao cinema e interpretado por Nanni Moretti, nomeado como ator para o Urso de Ouro do Festival de Berlim, em 2008. Il colibrì, que acaba de ser publicado em Portugal pela Quetzal com o título O Colibri, terá também em breve uma adaptação ao cinema.

Fonte: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:

1 OUTUBRO | ARTUR PIZARRO | RECITAL DE PIANO

1 OUTUBRO | ARTUR PIZARRO | RECITAL DE PIANO

Celebrando a longa ligação portuguesa e francesa à cultura e música chinesa, Artur Pizarro interpreta obras de compositores dos 3 países, num programa original concebido para este recital na Fundação Oriente, que assinala o Dia Europeu das Fundações e Doadores e o Dia Mundial da Música.

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookCarmo's Residence - Art ApartmentsConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHS
LASAOrdem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis