Notícias

Divulgação Cultural

 

Ciclo Literatura Escrita por Mulheres | Retratos en claroscuro: un acercamiento a «Balún Canán», de Rosario Castellanos | 31 mar. | 18h00 | BNP

Ciclo Literatura Escrita por Mulheres | Retratos en claroscuro: un acercamiento a «Balún Canán», de Rosario Castellanos | 31 mar. | 18h00 | BNP

Literatura Escrita por Mulheres
Retratos en claroscuro:un acercamiento a Balún Canán,
de Rosario Castellanos

CICLO DE CONFERÊNCIAS | 31 mar. ’22 | 18h00 | Auditório | Entrada livre | Conf. em espanhol

> As visitas à BNP obrigam à desinfeção das mãos e ao uso de máscara durante a permanência no edifício.

Considerada a escritora mexicana mais importante do século XX, Rosario Castellanos (1925-1974) desenvolveu uma profunda reflexão sobre as problemáticas de grupos marginalizados. Na sua produção literária, – diversificada em poesia, romance, conto, drama, ensaio e géneros periodísticos – retrata nomeadamente a situação desvalorizada da mulher e a discriminação cultural sofrida pelos povos originários. Esta dupla denúncia conjuga-se no seu primeiro romance, Balún Canán, cujos eixos estruturantes são as suas emotivas lembranças de criança e um olhar penetrante sobre o quotidiano dos indígenas nos Altos de Chiapas, zona onde a sua família tinha uma posição económica privilegiada. O objetivo da conferência é, portanto, apreciarmos tanto a dimensão autobiográfica quanto a dimensão socio-histórica que determinam a construção narrativa de Balún Canán.

Armando Aguilar de León

Formado em Língua e Literatura na Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM), com estadas de estudo e de pesquisa na França e nos Países Baixos, Armando Aguilar de León faz parte do grupo de investigação do CHAM na área das Artes da palavra, da imagem e do som no mundo ibérico e ibero-americano. Suas linhas de interesse são a resignificação socio-histórica da mitologia heroica grega nas literaturas francesa e ibéricas e as representações mitológicas na plástica asteca (códices e esculturas). Quanto docente, desenvolve-se nas áreas do ELE e do FLE.

Sobre o V Ciclo Literatura Escrita por Mulheres

Isabel Araújo Branco organiza a edição de 2021/2022 das conferências dedicadas a «Literatura Escrita por Mulheres», a quinta deste ciclo de encontros realizado no âmbito da linha de investigação «História das Mulheres e do Género», do CHAM-Centro de Humanidades NOVA.

A História tem vindo a ser escrita ao longo do tempo como um construto que generaliza a vivência humana através da padronização do e no masculino. História sem género, dir-se-ia, mas que afinal exclui as mulheres da história. A historiografia tem construído barreiras de análise cultural, social, religiosa e política que excluem as mulheres.

Com coordenação de Maria Barreto Dávila, a linha de investigação «História das Mulheres e do Género», do CHAM pretende contrariar esta tendência e constituir-se como uma área de investigação inovadora e multidisciplinar.

Fonte: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:

27 MAIO | MÍSIA, ANIMAL SENTIMENTAL

27 MAIO | MÍSIA, ANIMAL SENTIMENTAL

Concerto de estreia do novo álbum de Mísia, fadista, cantora e contadora de histórias há mais de três décadas. Histórias, canções, episódios cómicos e trágicos, revelados em palco, o habitat natural de qualquer animal sentimental.

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookCarmo's Residence - Art ApartmentsConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHS
LASAOrdem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis