Notícias

Divulgação Cultural

Tertúlia | Ano de 69, Coimbra – Presa por usar uma saia amarela e outras histórias | 4 jun. | 17h00 | BNP

Tertúlia | Ano de 69, Coimbra - Presa por usar uma saia amarela e outras histórias | 4 jun. | 17h00 | BNP

Ano de 69, Coimbra
Presa por usar uma saia amarela e outras histórias

TERTÚLIA | 4 jun. ’19 | 17h00 | Auditório | Entrada livre

Alice Brás, Mário Torres, António Manuel Hespanha, J. M. Correia Pinto, Germano de Sousa, José Veloso, Matos Pereira, entre outros nomes que viveram a crise académica de Coimbra vão estar presentes nesta tertúlia, dando o seu testemunho, com fotos comentadas.

Na sessão, integrada no âmbito da exposição O ano de 1969, vão ouvir-se relatos de como se podia ser preso sem fazer nada, depoimentos de dois docentes sobre o que se passou entre os professores no apoio à crise académica, recordando o vaivém de um “repúblico” dos Corsários das ilhas, o ambiente católico e a lista da CDE por Coimbra.

No dia 17 de abril de 1969, durante a inauguração do edifício das matemáticas da Universidade de Coimbra, o então presidente da Direção Geral da Associação Académica, Alberto Martins, pediu a palavra, mas foi impedido de usá-la. Os estudantes, que já protestavam pela reintegração de professores e pela democratização do ensino superior, ocuparam a sala onde decorria a inauguração.

Nos dias seguintes, foram presos vários dirigentes académicos e diversos estudantes foram forçados a integrar o exército para combater na guerra do ultramar. A tensão acabaria por levar à demissão do ministro da Educação e do reitor.

Fonte: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:

1 OUTUBRO | ARTUR PIZARRO | RECITAL DE PIANO

1 OUTUBRO | ARTUR PIZARRO | RECITAL DE PIANO

Celebrando a longa ligação portuguesa e francesa à cultura e música chinesa, Artur Pizarro interpreta obras de compositores dos 3 países, num programa original concebido para este recital na Fundação Oriente, que assinala o Dia Europeu das Fundações e Doadores e o Dia Mundial da Música.

Congresso | Mistérios e segredos dos Cancioneiros: caminhos da poesia, iluminura e escrita nas cantigas medievais… | 22 set. ’22 | 09h30-18h00

Congresso | Mistérios e segredos dos Cancioneiros: caminhos da poesia, iluminura e escrita nas cantigas medievais… | 22 set. ’22 | 09h30-18h00

O projeto “Stemma – Do Canto à escrita. Produção material e percursos da lírica galego-portuguesa” visou compreender melhor tanto os parâmetros da passagem do canto trovadoresco ibérico à escrita, como o desconhecido percurso posterior dos manuscritos, nomeadamente o papel que neste stemma desempenharam importantes figuras do humanismo renascentista português e europeu

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookCarmo's Residence - Art ApartmentsConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHS
LASAOrdem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis