Notícias

Divulgação Cultural

Apresentação | Linhagem, de Eurico Carrapatoso | 3 jun. | 18h30 | BNP

Apresentação | Linhagem, de Eurico Carrapatoso | 3 jun. | 18h30 | BNP

Pré-estreia de Linhagem (homenagem a Fernão de Magalhães),
de Eurico Carrapatoso

VISITA GUIADA / APRESENTAÇÃO | 3 jun. ´19 | 17h30 / 18h30 | Sala de Exposições /| Auditório | Entrada livre

Apresentação | Linhagem, de Eurico Carrapatoso | 3 jun. | 18h30 | BNPSessão com Eurico Carrapatoso e o maestro Paulo Lourenço, numa conversa moderada por João Chambers. Antecedida de visita guiada à exposição Em demanda da biblioteca de Fernão de Magalhães por José Manuel Garcia.

No ano em que se comemoram os 500 anos da viagem de circum-navegação comandada por Fernão de Magalhães, terá lugar no CCB, no dia 21 de junho, a estreia Mundial da obra Linhagem de Eurico Carrapatoso, que pretende prestar uma homenagem a este navegador português.

No dizer do compositor “A Linhagem tenta traçar uma linha principal, através do olho clínico de Fernando Pessoa (1888-1935) e do grande farol da identidade portuguesa que soube lograr na sua Mensagem, tenta traçar a linha principal, dizia, entre os primeiros sinais evidentes do nosso desígnio marítimo e o corolário máximo que Magalhães representa nesse tempo de ganas façanhudas na demanda do desconhecido.”

Apresentação | Linhagem, de Eurico Carrapatoso | 3 jun. | 18h30 | BNPAlém dos textos de Fernando Pessoa retirados da Mensagem, o compositor utiliza igualmente poemas de D. Dinis, Joam Zorro, António Machado e Camilo Pessanha, conduzindo-nos através da época das grandes navegações, desde D. Dinis, “o plantador de naus”, até Fernão de Magalhães, passando pelo Infante Dom Henrique, Diogo Cão, Bartolomeu Dias e Vasco da Gama.

Sobre a utilização dos textos de Fernando Pessoa Eurico Carrapatoso diz-nos que “O Pessoa senti-o assim, com uma grandeza contida aqui, heráldica ali, esotérica mais além. Não pode haver pressas no tratamento destes poemas identitários. Mas pode a abordagem ser explosiva, por fim, quando a fera, naqueles poemas derradeiros, nos vai directa à jugular.”

A obra será executada no CCB pelo Coro Participativo e Orquestra Filarmonia das Beiras, dirigidos pelo maestro Paulo Vassalo Lourenço e terá como solistas João Rodrigues (tenor) e Cecília Rodrigues (soprano).

Fonte: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:
OM celebra 80 anos com o lançamento da Colecção Médicos Escritores

OM celebra 80 anos com o lançamento da Colecção Médicos Escritores

Marque na sua agenda: próxima segunda-feira, 16 de setembro, às 18h na Ordem dos Médicos em Lisboa, venha conhecer uma colecção de obras fac-similadas de autores médicos numa iniciativa que assinala os 80 anos da Ordem dos Médicos, desenvolvida em parceria com o jornal Público

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookCarmo's Residence - Art ApartmentsConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHS
LASAOrdem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis