Notícias

Divulgação Cultural
 

Lançamento | 1945 – Estado Novo e Oposição. O Movimento de Unidade Democrática e o inquérito às suas listas | 5 fev. | 18h00 | BNP

Lançamento | 1945 – Estado Novo e Oposição. O Movimento de Unidade Democrática e o inquérito às suas listas | 5 fev. | 18h00 | BNP

1945 – Estado Novo e Oposição. O Movimento de Unidade Democrática e o inquérito às suas listas
LANÇAMENTO | 5 fev. ´19 | 18h00 | Auditório | Entrada livre

Lançamento | 1945 – Estado Novo e Oposição. O Movimento de Unidade Democrática e o inquérito às suas listas | 5 fev. | 18h00 | BNPA obra, edição da Palimage, tem autoria de Mário Matos e Lemos e é apresentada por Luís Bigotte Chorão.

O nascimento do Movimento de Unidade Democrática (MUD), em 1945, a sua rapidíssima expansão e o quase imedia¬to inquérito à autenticidade das assinaturas nas listas de adesão às suas reivindicações são assuntos hoje praticamente esquecidos, mesmo pelos historiadores. Se o MUD e o MUD Juvenil ainda são referidos – e mesmo assim não existe qualquer estudo aprofundado sobre ambos –, a constituição do MUD e o inqué¬rito, são quase ignorados, até na memorialística. Esta obra pretende recuperar essa memória.

O autor, Mário Augusto Madeira Matos e Lemos, é historiador e investigador no Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, da Universidade de Coimbra. Com um amplo percurso no jornalismo (foi Subchefe de Redação da Agência Noticiosa ANI, Subdiretor do Diário do Norte, fundador e Diretor das revistas Jornal de Cultura e Ópera), foi também Diretor do CENJOR (Centro de Formação de Jornalistas). Contratado pelo Ministério dos Negócios Estran-geiros, foi Conselheiro de Imprensa nas embaixadas de Portugal em Roma, Moscovo, Madrid e Bissau, onde também dirigiu o Centro Cultural Português (posteriormente Instituto Camões de Bissau).

Tem publicados numerosos trabalhos, entre os quais O 25 de Abril – Uma Síntese, Uma Perspectiva, Lisboa, Ed. Notícias, 1986; Política Cultural Portuguesa em África – O Caso da Guiné Bissau (1985 1998), Lisboa, Ed. Inquérito, 1999; Dicionário de História Universal, Lisboa, Ed. Inquérito, 2001; Goa, o Princípio do Fim do Império – Alguns Documentos, Coimbra, Estudos do Século XX, n.º 3, 2003; Imprensa Diária Portuguesa do Século XX – Um Dicionário, Coimbra, Ed. Ariadne, 2006; Candidatos a Deputados pela Oposição à Assembleia Nacional do Estado Novo (1945-1973), Lisboa, Coleção Parlamento, 2010; Oposição e Eleições no Estado Novo, Lisboa, Coleção Parlamento, 2012; os dois últimos com coordenação de Luís Reis Torgal.

Fonte: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:
Grigory Sokolov – ciclo piano Fundação EDP · 22 abril

Grigory Sokolov – ciclo piano Fundação EDP · 22 abril

Entre os grandes pianistas russos da actualidade, Grigory Sokolov alcançou um estatuto de primeiro entre iguais, fazendo de cada recital a solo uma experiência única e inesquecível. Estreou-se a solo com apenas 12 anos em Moscovo e sagrou-se o mais jovem vencedor de sempre do Concurso Tchaikovski, quando tinha 16 anos

Exposição | Atlas Suzanne Daveau | 16 abr. – 30 jul.

Exposição | Atlas Suzanne Daveau | 16 abr. – 30 jul.

As fotografias de Suzanne Daveau registaram o tempo longo das sociedades rurais ocidentais ou tribais de África, as paisagens quase intocadas pela mão humana, mas também o enunciar de um mundo em progressiva mudança. O Atlas Suzanne Daveau é este percurso por um singular universo fotográfico que procurou uma ideia de verdade

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookCarmo's Residence - Art ApartmentsConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHS
LASAOrdem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis