Notícias

Divulgação Cultural

Lançamento | Portugal no Golfo Pérsico: 500 anos | 21 maio | 18h00 | BNP

Lançamento | Portugal no Golfo Pérsico: 500 anos | 21 maio | 18h00 | BNP

Portugal no Golfo Pérsico: 500 anos
LANÇAMENTO | 21 maio ’18 | 18h00 | Auditório | Entrada livre

Lançamento | Portugal no Golfo Pérsico: 500 anos | 21 maio | 18h00 | BNPA obra Portugal no Golfo Pérsico: 500 anos, editada pela Biblioteca Nacional de Portugal (BNP), será apresentada por Guilherme d’Oliveira Martins e Manuel Marcelo Curto. Coordenada por Miguel Castelo-Branco, conta com a colaboração de Filipe Alves Moreira, João Alves Dias, Francisco Roque de Oliveira, João Campos, Halima Naimova, Rui Manuel Loureiro, Carlos Rocha, Pedro Prata Andrade, Alexandra Curvelo, Maria Augusta Lima Cruz, Rafael Pinto Borges, Anita Lima de Almeida, Maria Dá Mesquita, Joaquim Magalhães de Castro, Fabrizio Boscaglia, José Manuel Arsénio e Ghoncheh Tazmini, e oferece um amplo mosaico sobre diversos aspetos do relacionamento entre Portugal e a Pérsia, do século XVI à contemporaneidade.

Portugal chegou ao Golfo Pérsico há 500 anos, revelando ao Ocidente a riqueza cultural, étnica, linguística e religiosa da Pérsia. A conquista de Ormuz permitiu o controlo pela Coroa Portuguesa de uma das mais importantes zonas do comércio oriental, pondo os portugueses em contacto com os mundos persa, árabe e turco. Ao longo do século XVI, embaixadas e missões diplomáticas foram despachadas pelos vice-reis do Estado da Índia e recebidas pelos xás da Pérsia, formalizando relações que se traduziram, entre outros aspetos, num intenso tráfico comercial, na transferência de tecnologia, em que avulta a arte da edificação militar, nas trocas artísticas e de objetos de luxo.

Esta obra, que foi apoiada pela Fundação Calouste Gulbenkian, surge na sequência da mostra Portugal – Irão: 500 anos, que decorreu na BNP entre 19 de novembro de 2015 e 9 de janeiro de 2016.

Fonte: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:

Poças & a Arte da Tanoaria

Poças & a Arte da Tanoaria

A tradição da tanoaria tinha particular relevo nas zonas ribeirinhas, nas regiões de produção vínica, pelo facto de tonéis, barricas e balseiros serem um elemento fundamental para a produção de vinho.

Colóquio | Cultura luso-árabe e luso-islâmica | 21 out. | 11h00 – 19h00 | BNP

Colóquio | Cultura luso-árabe e luso-islâmica | 21 out. | 11h00 – 19h00 | BNP

No auditório da Biblioteca Nacional de Portugal, um conjunto de especialistas, investigadores, tradutores e escritores reúnem-se para apresentar comunicações sobre poesia árabe, filosofia e mística islâmica do Gharb al-Andalus, assim como sobre influências, representações e apropriações do próprio Gharb al-Andalus e do Islão na cultura portuguesa

Mostra | ​João da Rocha: um escritor a descobrir | 8 out. – 17 dez. | BNP

Mostra | ​João da Rocha: um escritor a descobrir | 8 out. – 17 dez. | BNP

O centenário da morte de João da Rocha é uma oportunidade para redescobrir um escritor que se notabilizou em muitas áreas: ensaio, conto, poesia, estudos históricos, fundação de periódicos, etc. Da mesma geração de Raul Brandão e de António Nobre, de quem foi amigo próximo, a escrita de João da Rocha revela os seus interesses literários, espiritualistas e filosóficos

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookCarmo's Residence - Art ApartmentsConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHS
LASAOrdem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis