Notícias

Divulgação Cultural

Ciclo de Conferências | O Mundo Contemporâneo: história, política e cultura | Humor gráfico na imprensa independente brasileira sob o regime militar

Ciclo de Conferências | O Mundo Contemporâneo: história, política e cultura | Humor gráfico na imprensa independente brasileira sob o regime militar

O Mundo Contemporâneo – História, Política e Cultura
CICLO DE CONFERÊNCIAS | 6 out. – 9 dez. ‘2022 | 18h30 | Auditório | Entrada livre

Contando com a participação de conferencistas provenientes de diferentes universidades internacionais, assim como de investigadores do IHC dedicados ao estudo de realidades nacionais e transnacionais muito diversas, este ciclo de conferência visa promover o interesse pela história contemporânea mundial na universidade e na sociedade portuguesas.

Integrando os cursos de doutoramento da NOVA FCSH, mas decorrendo em diferentes instituições da cidade de Lisboa, as sessões são abertas à participação de qualquer interessado, sem necessidade de inscrição prévia*.

PROGRAMA
6 de outubro – Biblioteca Nacional de Portugal

Humor gráfico na imprensa independente brasileira sob o regime militar
Mélanie Toulhoat, IHC — NOVA FCSH / IN2PAST e CREDA

Resumo: Mélanie Toulhoat apresentará algumas reflexões da sua tese de doutoramento “Rir da ditadura, rir sob a ditadura. O humor gráfico na imprensa independente: uma arma de resistência durante o regime militar brasileiro”, mostrando o papel político de charges, caricaturas, histórias em quadrinhos, gravuras e corte-colagens publicadas na imprensa independente brasileira, a partir do golpe de 1964 e até o início da transição democrática. Num contexto de fechamento progressivo do regime, de repressão policial, de diminuição drástica do campo legal da ação política assim como de severas limitações impostas à liberdade de expressão, o humor gráfico foi utilizado pelas redações para contornar as diversas formas de censura e lutar contra o imaginário autoritário.

Biografia: Mélanie Toulhoat é investigadora especializada na história contemporânea do Brasil, de Portugal e dos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP). Doutora em História pela Universidade Sorbonne Nouvelle e pela Universidade de São Paulo (2019), venceu, em 2020, o prémio de tese da Sorbonne Nouvelle. Actualmente é investigadora júnior do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa (CEEC-FCT), investigadora associada do Centre de recherche et de documentation des Amériques (CREDA) e presidente da Association pour la recherche sur le Brésil en Europe (ARBRE).

Fonte: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:

Armanda Passos em retrospetiva inédita na Fundação Champalimaud

Armanda Passos em retrospetiva inédita na Fundação Champalimaud

Oportunidade rara para ver a obra de uma das mais notáveis pintoras portuguesas, de 16 novembro a 31 dezembro, no Centro de Exposições da Fundação Champalimaud, em Lisboa. A pintora portuguesa Armanda Passos (1944-2021) será homenageada no Centro de Exposições da Fundação Champalimaud na primeira retrospetiva da sua obra.

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookCarmo's Residence - Art ApartmentsConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHS
LASAOrdem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis