Notícias

Divulgação Cultural

Ciclo de Conferências | Leitura e Formas de Escrita: Paleotipografia. Da paleografia à tipografia | 14 jul.’22 | 16h00 – 18h00 | Auditório

Ciclo de Conferências | Leitura e Formas de Escrita: Paleotipografia. Da paleografia à tipografia | 14 jul.'22 | 16h00 - 18h00 | Auditório

Leitura e Formas de Escrita
Paleotipografia. Da paleografia à tipografia

CICLO DE SEMINÁRIOS | 14 julho ’22 | 16h00 – 18h00 | Auditório | Entrada livre

O Homem é um animal de hábitos, frase que imortalizou Charles Dickens, é tão válida hoje, como o foi ontem e como o será amanhã.

A escrita é apenas a fixação de palavras ou de pensamentos, seja essa escrita feita de que forma for: manuscrita, talhada, gravada, impressa, digitada ou até automatizada (por exemplo, quando se dita para um aparelho e ele escreve o que escuta). Quem escreve sabe ler, naquilo que escreveu, o que esses símbolos querem dizer.

Os primeiros tipógrafos tinham conhecimento das práticas de escrita manuscrita. Tinham de saber ler esses manuscritos e tinham de saber fixar essas mesmas palavras, essas mesmas frases e essas mesmas ideias num texto escrito através de tipos gráficos.

Existe assim uma especialidade que tem sido esquecida: a Paleotipografia. Isto é, como é que os primeiros tipógrafos adaptaram as escritas passando do manuscrito ao impresso.

Se na escrita manuscrita se usavam, constantemente, abreviaturas ou mesmo sinais próprios para a supressão de parte(s) de uma palavra, ou até a sua totalidade, o mesmo se passou, por mimetismo, nos primeiros tempos da imprensa. Paralelamente, muitas novidades emergem na forma da escrita, de que este estudo dá testemunho.

 

Sessão online via Zoom
ID da reunião: 810 8198 2605
Senha de acesso: 694895

João Alves Dias é licenciado, doutor e agregado em História, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa, onde é docente desde 1982. É investigador dos Centro de Estudos Históricos e do CHAM (Centro de Humanidades) da mesma Universidade. Autor de mais de uma centena de estudos publicados em livros e revistas (nacionais e estrangeiras) de História de Portugal, História do Livro e de Paleografia e Diplomática (fontes para a história de Portugal). O seu currículo e obra podem ser consultados aqui.

Organização: Grupo de Investigação «Leitura e formas de escrita», CHAM

Fonte: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:

Apresentação | Sketch Tour Portugal | 19 jul.’22 | 18h00 | Anfiteatro

Apresentação | Sketch Tour Portugal | 19 jul.’22 | 18h00 | Anfiteatro

Em 2017, o Turismo de Portugal convidou vinte e quatro urban sketchers de várias nacionalidades a fazerem uma viagem por Portugal. Em 2021, a nova edição da Sketch Tour resultou de um novo e diferente desafio que aliou o desenho à escrita, conjugando as visões de urban sketchers e de escritores portugueses.

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookCarmo's Residence - Art ApartmentsConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHS
LASAOrdem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis