Medicina e Pintura

A importância da esperança e a relação arte/doença/doente

“A arte é uma forma poderosa de medicina preventiva. Contemplar uma tela é como ir caminhando abrindo uma série infinita de sucessivas portas o que nos conduz à vivência de uma profunda e enriquecedora experiência. Esta jornada estimula-nos o pensamento, a alma e os sentimentos. Faz-nos sentir ainda mais vivos. Em suma, esta experiência de índole estética, torna-nos mais saudáveis e incorporando-se em nós próprios, engrandece o nosso eu.”
(Robert Pope, artista plástico que faleceu com um Linfoma de Hodgkin, in – Doença e Cura, Imagens do cancro – 1991).

Medicina e Pintura
Playlist

 

Medicina e Pintura

O tema da relação entre a Medicina e a Pintura é muito amplo e complexo, podendo ser abordado por diferentes pontos de vista.

Como Médico e interessado na pintura desde muito novo, mas não tendo, contudo, qualquer aptidão inata ou adquirida para esta última, o desenvolvimento desse gosto de pura fruição estética e intelectual foi, de início, fundamentalmente cultivado pelo facto de ter tido a oportunidade e o interesse por visitar inúmeras exposições temáticas e espólios permanentes de alguns dos mais importantes museus nacionais e internacionais, ao longo das últimas quatro décadas.

Posteriormente, o interesse pela História e, em particular, pela História da Medicina, fez-me aperceber do quanto estas duas artes têm em comum, tal como pude expor abundantemente quando decidi complementar o texto do meu Livro “Ode ou Requiem” com muitas e belas telas dos mais diversos mestres, e que se me afiguraram corporizar adequadamente o ambiente afetivo vivido nas dezenas de histórias clínicas verídicas que aí conto. Livro que é, também, a tentativa de encontrar pontes entre a Medicina e outra das formas mais sublimes do espírito criativo humano: A Música! Refletindo essencialmente, numa perspetiva eminentemente pessoal, sobre a relação Médico-Doente e acerca da verdadeira essência do Ato Médico. Mas não será que a tão falada, ambicionada e mais do que necessária humanização da prática dos cuidados médicos só pode ser reforçada pela sensibilidade em captar as mensagens que a arte e os artistas nos pretendem transmitir?

Foi por tudo isso que, há cerca de um ano, ao ser convidado pela Sociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos de que sou associado, para escolher um tema para proferir a Conferência de encerramento da sua Reunião Anual, não tive que pensar muito para que a escolha recaísse sobre este assunto, subdividindo-o em 15 capítulos diferentes e que, estou certo, surpreenderá agradavelmente a grande maioria dos que venham a assistir à sua exposição, quiçá despertando o seu próprio interesse em aprofundá-lo.

Medicina e Pintura

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHSLASA
Ordem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis