Notícias

Divulgação Cultural

Mostra | 200 anos de Liberalismo em Portugal / O Sinédrio: conspiração maçónica | 19 jun. – 7 set. | BNP

Mostra | 200 anos de Liberalismo em Portugal / O Sinédrio: conspiração maçónica | 19 jun. - 7 set. | BNP

200 anos de Liberalismo em Portugal
O Sinédrio: conspiração maçónica

MOSTRA | 19 jun. – 7 set. ’18 | Sala de Referência | Entrada livre

Mostra | 200 anos de Liberalismo em Portugal / O Sinédrio: conspiração maçónica | 19 jun. - 7 set. | BNPDepois do grande turbilhão universal da Revolução Francesa e das guerras napoleónicas que atravessaram toda a Europa, a chamada Paz de Viena volveu o Velho Continente ao estado monárquico e absolutista, não obstante a resistência liberal e os movimentos conspirativos tanto aqui como no Novo Mundo.

Em Portugal, com a permanência de tropas inglesas no território do Continente, enquanto a corte permanecia no Brasil, elevado à categoria de Reino, o movimento liberal assumiu uma ação conspirativa, não obstante uma repressão cada vez mais violenta que assumiu o ponto alto na condenação de Gomes Freire de Andrade e de outros conspiradores em 1817.

Mostra | 200 anos de Liberalismo em Portugal / O Sinédrio: conspiração maçónica | 19 jun. - 7 set. | BNPNo âmbito da comemoração do bicentenário da Revolução de 1820, a Biblioteca Nacional de Portugal evoca a preparação do movimento revolucionário a partir de 1818, com a criação do Sinédrio que, em Portugal, deu início à conspiração vitoriosa de 24 de agosto de 1820.

A mostra incorpora, no essencial, uma perspetiva de representações da História na iconografia da época.

Fonte: bnportugal.pt

Outros artigos em Divulgação Cultural:

Mostra | Irmãs Brontë: 200 anos | 20 setembro – BNP

Mostra | Irmãs Brontë: 200 anos | 20 setembro – BNP

As irmãs Charlotte (1816-1855), Emily (1818-1848) e Anne (1820-1849) Brontë, filhas de Patrick Brontë (1777-1861) e Maria Branwell (1783-1821), nasceram no início do século XIX, com dois anos de intervalo entre si, e ficaram conhecidas como romancistas e poetisas, tendo publicado as suas obras em datas próximas e, como era aliás comum na época, sob pseudónimos masculinos

Sessão | Augusto Abelaira, um amigo também | 19 set. | 18h00 | BNP

Sessão | Augusto Abelaira, um amigo também | 19 set. | 18h00 | BNP

Encontro sobre Augusto Abelaira, com intervenções de: Maria Antónia Palla – Augusto Abelaira, um amigo também | Paulo Alexandre Pereira – Outrora, agora. Ler Augusto Abelaira hoje. Este encontro decorre no âmbito da exposição Augusto Abelaira e o continuum narrativo, patente na BNP até 29 de setembro

Apoios/Parcerias:

Associação Portuguesa para o Estudo Clínico da SIDA (APECS)By The BookConsulped - Consultórios de Pediatria e da Famíliaideiavirtual - aplicações interativasLACPEDI - Liga de Apoio Comunitário em prol do Estudo das Doenças InfecciosasLiga dos Amigos do Hospital de São Bernardo, LAHSB-CHSLASA
Ordem dos MédicosSociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos (SOPEAM)Sociedade Portuguesa de Medicina Interna: SPMISociedade Portuguesa de Medicina do Viajante (SPMV)sYnapsis